Monday, 10 September 2012

RV Pandit - O Inverno (1969)

Já vou...
Já vou...

Cra... Cra... Cra...
Dispersando as nuvens
Espalhando pela terra
Pérolas e jóias
Vou montando
No cavalo luminoso
Da faísca

Demorar quatro meses
Sobre a terra
Germinar sementes
Dar vida nova
À terra ressequida

A riqueza, na Terra oculta
Multiplicar...
Para a fazer sorrir
Faço chorar o firmamento.
Sou o inverno.

Cra... Cra... Cra...
Choco nuvens de néctar
Bátegas de néctar
Por toda a terra
Até que a plantazinha
Da várzea
Mande o arroz
Para os celeiros,

O meu estrondo
Começado em Junho
Vai até Setembro

Trago comigo
A eterna bênção divina

Já vou
Já vou.

No comments:

Post a Comment

Post a Comment